Usuário: Visitante | Identifique-se | Cadastre-se
3 11

22/12/2012
E não é que o mundo acabou mesmo!


por Fabrício Batistoni

Uma grande pedra apresentada em Tabasco, sudeste do México, contendo o calendário maia foi interpretada como um anúncio do fim do mundo marcado para dezembro de 2012. A peça é formada de pedra calcária e esculpida com martelo e cinzel, e está incompleta.

Para os produtores de cinema os fragmentos calcários bastaram para fundamentar o catastrófico “2012” lançado em 2009 com faturamento de 225 milhões de dólares no seu primeiro fim de semana.

Na cultura popular o tal fim do mundo maia causou um rebuliço daqueles! Conhecidos como “preppers” – um neologismo criado nos Estados Unidos a partir da palavra “prepare”, que significa preparar ou planejar em inglês – esses indivíduos se prepararam em encontros e redes sociais, compartilharam técnicas de sobrevivência e alimentaram a paranoia apocalíptica. No Brasil, a cidade de Alto Paraíso de Goiás está rindo a toa: segundo escritos antigos, a cidade estaria a salvo de qualquer desastre natural, como o fim do mundo. Por esse motivo, muitas pessoas de diferentes lugares do mundo, buscam este local para morar, buscando a "salvação".

E acredite: até mesmo grupos cristãos históricos embarcaram nesta especulação. Alguns pastores aproveitaram a ênfase na temática para instruir suas igrejas sobre temas escatológicos. Outros aproveitaram a especulação para alavancar as conversões em suas denominações (duvido muito da perseverança destes convertidos de ocasião!).

Mas o mundo não acabou. Será?

A civilização maia foi uma cultura mesoamericana pré-colombiana, notável por sua língua escrita, sua arte, arquitetura, matemática e sistemas astronômicos. Divide muitas características com outras civilizações da Mesoamérica, devido ao alto grau de interação e difusão cultural que caracteriza a região. Avanços como a escrita, epigrafia e o calendário não se originaram com os maias; no entanto, sua civilização as desenvolveu plenamente.

Apesar de seu alto grau de desenvolvimento a civilização maia como tal desapareceu completamente. Devastada pelo império asteca por volta do século XV e, finalmente, subjugada pelos espanhóis a partir de 1519, os maias foram reduzidos a tribos segmentadas na américa central.

Os acadêmicos acreditam agora que, entre vários fatores, as doenças epidêmicas foram de longe a maior causa do declínio populacional dos nativos americanos. As doenças começaram a matar imensos números de americanos indígenas pouco depois de os europeus e africanos começarem a chegar ao novo mundo. A escala das epidemias ao longo dos anos foi enorme, matando milhões de pessoas – cerca de 90% da população nas áreas mais atingidas – determinando “a maior catástrofe humana da história, provavelmente excedendo mesmo o desastre da Peste Negra que matou um terço da população da Europa entre 1347 e 1351”.

A doença mais devastadora foi a varíola, mas outras doenças mortais incluíram o tifo, sarampo, a gripe, a peste bubônica, a parotidite (caxumba), a febre amarela e a coqueluche.

Pela guerra ou pela doença, o mundo dos maias acabou. Muito antes do prognóstico do seu calendário a grande civilização se tornou objeto de especulação arqueológica.

Pouco se sabe a respeito das tradições religiosas dos maias: a sua religião ainda não é completamente entendida pelos estudiosos. Como os astecas e os incas, os maias acreditavam na contagem cíclica natural do tempo. Os rituais e cerimônias eram associados a ciclos terrestres e celestiais que eram observados e registrados em calendários separados. Os sacerdotes maias tinham a tarefa de interpretar esses ciclos e fazer um prognóstico profético sobre o futuro ou passado com base no número de relações de todos os calendários. A purificação incluía jejum, abstenção sexual e confissão. Esta purificação era normalmente praticada antes de grandes eventos religiosos. Os maias acreditavam na existência de três planos principais no cosmo: a Terra, o céu e o submundo.

Os maias sacrificavam humanos e animais como forma de renovar ou estabelecer relações com o mundo dos deuses. Esses rituais seguiam ritos rigorosos. Normalmente, eram sacrificados pequenos animais, como perus e codornas. Em ocasiões muito excepcionais (tais como adesão ao trono, falecimento do monarca, enterro de algum membro da família real ou períodos de seca) aconteciam sacrifícios de humanos. Acredita-se que crianças eram muitas vezes oferecidas como vítimas sacrificiais porque os maias acreditavam que essas eram mais puras.

Os deuses maias não eram entidades separadas como os deuses gregos. Também não existia a separação entre o bem e o mal e nem a adoração de somente um deus regular, mas sim a adoração de vários deuses conforme a época e situação que melhor se aplicava para aquele deus.

Podemos tirar algumas lições da história a partir do fim do mundo maia.

(1) Em tempos de progresso as civilizações tornam-se mais antropocêntricas e individualistas. O apóstolo Paulo nos alerta que quanto o homem se torna o fim último de todas as coisas o mundo está mais perto do caos do que da salvação. “Quando disserem: "Paz e segurança", a destruição virá sobre eles de repente, como as dores de parto à mulher grávida; e de modo nenhum escaparão”. (1Ts 5:3)

(2) O medo do fim do mundo ou do inferno é metodologia evangelística alheia ao Novo Testamento. As pessoas precisam se converter olhando para a Cruz de Cristo e tendo o coração regenerado pela Graça de Deus. Jesus nos ordena a “lembrar da mulher de Ló” (Lc 17:32). A releitura da narrativa em Gênesis (Gn 19:17-26) nos mostra que a esposa de Ló ignorou a urgência da Graça de Deus: “Fuja por amor à vida! Não olhe para trás e não pare...” O verdadeiro evangelismo anuncia a vitória sobre todo o medo (1 Jo 4:18)porque o cerne de sua mensagem está na Providência Graciosa de Deus por nós (Jo 3:16).

(3) A ira de Deus e o inferno são biblicamente inegáveis. Deus jamais anula sua justiça, pois a justiça é um atributo da Sua própria natureza. Não podemos esquecer que somos, por natureza, merecedores da ira de Deus (Ef 2:3), mas que além de Justo, Deus também é misericordioso e “a misericórdia triunfa sobre o juízo” (Tg 2:13). Jesus sofre a penalidade do meu pecado (2 Co 5:21) e satisfaz perfeitamente a justiça de Deus. Através de Cristo, portanto, a misericórdia pode triunfar sobre o juízo (Fp 3:7-9).

(4) Os salvos da ira divina não vivem para aguardar o fim do mundo. “Nós, porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, nos quais habita a justiça.” (2 Pd 3:13) Somos salvos para viver uma vida santa e piedosa aqui neste mundo (11); em paz, imaculados e irrepreensíveis (14).

O mundo maia acabou mas nós estamos aqui, e enquanto aguardamos somos exortados a “viver”: “Não importa o que aconteça, exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo, para que assim, quer eu vá e os veja, quer apenas ouça a seu respeito em minha ausência, fique eu sabendo que vocês permanecem firmes num só espírito, lutando unânimes pela fé evangélica,” (Fp 1.27)



[Comente]
11 comentários

Exelente, uma boa introdução histórica, depois graça e misericordia, a passagem, da mulher de ló, é muito forte, advertindo nós crentes para nao se iludir com sodoma, nao devemos se embananar com o deus deste seculo.
Amém
(2) (0)

Joedson Silva
Natal
22/12/2012, 01:16:00

Os mundos e reinos vão todos acabar, mas a palavra de Deus permanece para sempre!
(2) (0)

Lenilson Fraga
Rio de Janeiro
22/12/2012, 20:56:24

Muito bom este texto, que pena que muitos não se abrem para compreender a mensagem do evangelho e dão mais crédito a outras coisas.
(1) (0)

Andre Carvalho
Porto Alegre
25/12/2012, 13:52:37

Realmente, infelizmente, muitos preferem dar crédito a suposições absurdas a crer na inerrância da palavra do Deus Todo Poderoso!
(2) (0)

Stellamaris Thame Alves de Oliveira
Potiraguá
29/12/2012, 00:05:25

O QUE ESTÁ FALTANDO AO HOMEM É LER MAIS A PALAVRA DE DEUS É LAMENTÁVEL QUE MUITOS LEEM E ATÉ EXAMINAM AS ESCRITURAS, SÓ PARA BUSCAR SEUS PRÓPRIOS DELEITES TERRENO, ESQUECENDO QUE SÓ ÉLA TEM A PALAVRA DA VERDADE, E ETERNA. (JOÃO 5. 39.
(1) (0)

Valdeci Francisco Ribeiro
Angra dos Reis
01/01/2013, 09:28:49

Como diante de tanto esclarecimento, um após o outro, com tantos homens e mulheres cheios do Espírito Santo, ainda vemos tantas pessoas sendo iludidas e se permitindo iludir por tantos "ventos " de doutrina? Glória a Deus por estas palavras! Me faz crer cada dia mais que vale muito a pena aguardar a volta do meu Redentor! Aleluia!
(0) (0)

Luciana Pylro Felix Neves de Assunção
Paraty
31/03/2013, 00:50:46

me converti depois dos 40 anos, vejo como é sério o versículo de Oséas cap. 4- v.6, onde está escrito (o meu povo perece por falta de conhecimento)
(0) (0)

Hélio Delprete Bocardi
Monte Mor
13/04/2013, 17:46:50

De forma trágica, pelo menos no Brasil, o conhecimento que muitos "evangélicos" têm, é o que a televisão mostra, ou seja, nenhum conhecimento bíblico. Quando um cristão para em frente uma televisão para assistir novelas, malhação, big brother e tantas outras ofertas de Satanás, como poderá obter o conhecimento que só a Bíblia pode oferecer? Uma coisa é certa, quanto mais nos afastamos da Bíblia, e consequentemente de Deus, mas nos aproximamos e engolimos estas mentiras que a mídia derrama sobre a humanidade, tudo para desacreditar as verdades Bíblicas.
(1) (0)

Cláudio Antônio da Silva
Timóteo
18/04/2013, 15:59:17

As páginas da Bíblia nos levam a crer que todas estas culturas um dia acabarão e só restará a do povo de Deus, crendo unicamente no Autor e Consumador de Nossa Fé!!!
(0) (0)

Vicente Jesus
Nova Iguaçu
07/09/2013, 18:36:07

Provavelmente irão refazer contas e daqui a pouco vem com outra data dizendo que erraram na conta. não tiveram uns evangelicos fazendo a mesma coisa? eu me lembro... e acho que ainda tenho a fita que comprova.
(0) (0)

Anita Rocha
Rondonópolis
09/11/2013, 09:44:43

Muito interessante o texto, muito bom o conteúdo, bem explicado e detalhado.
(0) (0)

Jônatas Barbosa
Taquari
20/08/2014, 11:47:10

Atenção! Você está deslogado.

Deslogado, seu comentário será moderado.
Identifique-se e comente sem moderação.

Todos os campos são obrigatórios

Seu nome:
E-mail:

(não será divulgado)
Localidade:
Comentário:

                                                          

Código de segurança:

CAPTCHA Image
Digite os caracteres acima:

Outros artigos de Fabrício Batistoni:

Fôlego

O Caminho Para a Restauração: Parede desgasta

O Diário de Jó: Será que vale a pena?

O Diário de Jó: Introdução

O Caminho Para a Restauração 2: Repreenda o inimigo

Mais


Coluna: O Segredo de Deus

Ver lista de artigos

  Add to Google


Últimos artigos de O Segredo de Deus
A Semana Santa em 3D
Zeitgeist (parte 2) – restaurando o adorador
Zeitgeist – pouco Espírito para esta época
O Cordel da Salvação
Inverno da alma

Mais populares de O Segredo de Deus
Orgulho, o vício inefável dos tolos
"Falar de Jesus"
Felicidade
Escola de Caráter: As virtudes do caráter cristão (1/2)
Doutor Fraldinha: O recém-nascido

Mais comentados de O Segredo de Deus
"Falar de Jesus"
Orgulho, o vício inefável dos tolos
E não é que o mundo acabou mesmo!
Felicidade
O Menino, o Rei missionário, o Ancião glorioso

"Aquele que começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6


 
Cheap Moncler Jackets Cheap Moncler Jakker Cheap Moncler Coats Cheap Moncler Down Jacket Cheap Moncler Down Coats Cheap Moncler Doudoune Cheap Moncler Jackets On Sale Cheap Canada Goose Parka Cheap Canada Goose Montebello Parka Cheap Canada Goose Jackets On Sale Cheap Canada Goose Chilliwack Bomber Cheap Canada Goose Montreal Cheap Canada Goose Jacket Sale Cheap Canada Goose Women Emilio Pucci Dress Emilio Pucci Dresses Emilio Pucci Sale Cheap Emilio Pucci Emilio Pucci Outlet Emilio Pucci Online Emilio Pucci Gown Cheap Parajumpers Online Shop Cheap Parajumpers Sale Cheap Parajumpers Damen Cheap Parajumpers Jakke Cheap Parajumpers Jacka Cheap Parajumpers Gobi Cheap Parajumpers Norge Cheap winter Coats Cheap Winter Coat Sale Cheap Winter Jackets Cheap Winter Down Jacket Cheap Winter Down Coat Cheap Winter Jackets Cheap Winter Jackets Outlet Cheap Woolrich Coats Cheap Woolrich Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Arctic Parka Cheap Woolrich Outlet Online Cheap Woolrich Parka Sale Cheap Woolrich Parka